22.8.11

O mistério do planeta.

Mais ou menos inteira, mais ou menos partida. A dor maior de jogar o corpo no mundo, não é medo da queda, mas saber-se errado, e sem asas. No mundo real, é proibido ter asas. No mundo da lua, só voando vive-se bem.
Deixar os pés no chão, ou voar sempre para o lado errado - seja que lado for.

5 comentários:

Lorena disse...

=)

Lorena disse...

Segunda vez que abro teu blog e tenho um susto com o titulo do post.
Um dia estava escutando e rescutando Acabou Chorare.
Hj, escutando e rescutando Misterio do Planeta.
Nos dois dias encontro aqui as duas músicas. =D

luá. disse...

eita, Lorena. que lindo isso. sintonias cósmicas agindo além de nós.

ainda bem.

Lorena disse...

ainda bem mesmo. =)

a Lu! disse...

Se você ficasse de pé no chão eu não te amava tanto bjs