31.3.09

[sometimes, sometimes]

simplesmente não compreendo como alguém pode viver sem fumar. priva-se, por assim dizer, do que há de melhor na vida. em todo caso, lhe escapa um prazer magnífico. quando acordo pela manhã, já me alegro com a idéia de poder fumar durante o dia, e quando tomo uma refeição, já penso em fumar depois. sim senhor, posso dizer, com um pouco de exagero, que como apenas para ter uma oportunidade de fumar. um dia sem tabaco seria para mim o cúmulo da insipidez, um dia totalmente vazio, sem o mínimo atrativo, e se eu qualquer dia despertasse sabendo que não poderia fumar, acho que nem teria coragem de para me levantar.

francamente, eu ficaria na cama.



a montanha mágica.




---

tomem nos seus respectivos! e nem saiam da cama, podesser?

2 comentários:

Jaya disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Lua, cara! Miacabei, aqui. Que que esso? Huahauhauhauahuah.

Adorei adorei.

Beijo, fulôzinhamarlinda.

Natália disse...

"Sou meu próprio líder: ando em círculos
Me equilibro entre dias e noites
Minha vida toda espera algo de mim
Meio-sorriso, meia-lua, toda tarde"


bjo!