19.3.09

[vintage]

2000 foi o pontapé inicial. Antes, era tudo hipótese, tudazul. Antes, era bom.
Sucedeu-se 2001. O poço.
2002 foi o ano do desarmário. Tantas portas de que saí, eu nem me lembro mais.
2003. O ano que não sobrou nada. Perdi até o que não tinha nuncamente achado.
2004 foi anossó. Só eu sei, das esquinas por que passei. Só eu sei.
De 2005, rojo, eu sinto falta. Meu eterno verão de 68.
2006, o ano sem ano. O maior hiato. A maior transição, o ano que não foi ano. Foi passagem.
Em 2007, foi tudo o nôvo. Não repetiu-se uma vírgula.
2008. Unfair.
2009. doismil-enóve. Cigana, latina, cativa.

5 comentários:

Natália disse...

Não lembro mais dos meus anos... Sei que 2008 foi um de mtos altos e mtos baixos... Um desequilibrio total.

Bjos e td de bom!

Jaya disse...

Eu quero saber é do hoje.
E só.

Besitos, fulôzinhaminha.

H. 0.9. disse...

Voto em 2009 ser o ano da
L U A A G O R I S T A

Ciente de toda uma vida passada, mas pronta para encarar cada segundo como último. Degustando cada gota de eternidade que se desprende desses dias...

Beijo!!!

Cruela Cruel Veneno da Silva disse...

quem me deras, resumir assim meus anos

Jaya disse...

Teu dia, Maria, como foi?